“Vamos acreditar em Taguatinga, vamos juntos construir uma Taguatinga melhor a cada dia”, diz Ricardo Lustosa em entrevista

Em entrevista ao Portal, o administrador regional Ricardo Lustosa, faz um balanço de sua gestão e destaca a importância de o legislativo, executivo e população estarem juntos para transformar a cidade


Há dois anos enfrentando o desafio de tocar uma cidade que abriga mais 360 mil pessoas, o Administrador Regional de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina, falou conosco na semana passada. Em entrevista exclusiva, Lustosa fez um balanço de sua gestão, antecipou projetos que serão implementados e disse que a cidade vai receber mais obras de infraestrutura neste ano. Confira a íntegra do nosso bate-papo:



CIA DAS ENTREVISTAS: Como é administrar Taguatinga com tanta dificuldade financeira e toda essa crise econômica, que o DF e o Brasil enfrentam?
LUSTOSA: Foram dois anos bem difíceis, mas por outro lado, bastante positivos. Aos poucos, vamos mudando a história da cidade. A principal mudança implementada por nós foi trazer a comunidade mais para perto da gestão. A Administração passou a registrar as demandas e monitorar o atendimento a todas elas. Em dois anos, fizemos mais de 2000 atendimentos direto na administração. Também criamos o Whatsapp do Administrador - que funciona no número 9911-7052 e Ainda o que chamamos de GABINETE ABERTO, em que as pessoas podem despachar diretamente comigo sem que haja horário marcado. Também não posso deixar de registrar o apoio incondicional da deputada Sandra Faraj, que tem apresentado emendas para obras de infraestrutura na cidade, além de ser uma forte liderança política para Taguatinga. 

CIA DAS ENTREVISTAS: A deputada Sandra Faraj é de Taguatinga e parece ajudar muito a cidade. Como é o relacionamento da dela com a Administração Regional?
LUSTOSA: Ela ajuda demais. Vou apenas citar alguns números. Em 2015 e 2016, a deputada Sandra sozinha destinou cerca de R$ 10 milhões em emendas de infraestrutura para nossa cidade. E não é só recurso, ela fica em cima. Cobra resultados, articula com o governador, secretários e também com o setor produtivo. Ela sabe da importância de Taguatinga para o Distrito Federal e por isto, luta para melhorar a qualidade de vida dos moradores, para fortalecer o comércio, gerar emprego e renda. Tudo isto, priorizando três coisas: planejamento, técnica e execução. Como você deve já saber, sou indicação dela. Sou arquiteto, tenho uma segunda graduação em Direito, além de duas pós-graduações voltadas à área administrativa. Esse currículo foi fundamental para que o governador definisse por mim para Taguatinga. Com o auxílio da deputada Sandra, já fizemos muito por Taguatinga. Veja, por exemplo, que em 2015, com emenda da deputada, conseguimos trocar o asfalto da Avenida Samdu. Essa ajuda é excelente, mas é uma pena não tenhamos mais deputados apoiando.

CIA DAS ENTREVISTAS: O senhor acha importante termos um parlamentar com olhar para a cidade?
LUSTOSA: Eu digo mais. É importante que as Administrações Regionais tenham um bom relacionamento com a Câmara Legislativa e com a população. A Câmara é o braço forte da população na solução de problemas.

CIA DAS ENTREVISTAS: E a relação com o governador Rollemberg?
LUSTOSA: O Governador tem sido muito presente em Taguatinga e, em todo o DF, realizando um trabalho muito próximo das Administrações Regionais. A Secretaria das Cidades é a prova mais viva desta preocupação do governador, de dar mais estrutura e apoio direto às Administrações. Demandas, que demorariam muito tempo para serem respondidas, agora tem o prazo encurtado. O Governador tem demonstrado muito compromisso e seriedade para tratar das nossas cidades.

CIA DAS ENTREVISTAS: E o projeto do Gabinete Itinerante? Explica um pouquinho para gente como funciona...?
LUSTOSA: O Gabinete Itinerante é exatamente a ponte entre os moradores e a administração. Colocamos toda estrutura operacional da Administração nas ruas. Localizamos um ponto, em determinada área da cidade, e vamos pra lá atender as demandas daquela comunidade. Por exemplo: ao invés de um morador sair durante o dia ou no horário comercial, em que provavelmente estará trabalhando, a Administração se instala em sua comunidade após as 20h. Vou de relatar um caso recente: graças ao Gabinete Itinerante, construiremos o campo sintético da M norte na QNM 36/38 – uma vontade antiga dos moradores que tomamos conhecimento assim. Com o Gabinete Itinerante, a Administração consegue levar todos os órgãos do Governo para perto das pessoas. Algumas demandas solucionamos na mesma hora, outras precisam de mais tempo. Às vezes é uma limpeza, uma poda ou uma operação tapa-buraco. Quando é uma solicitação de obra ou mesmo demandas de certame de licitação demora mais um pouco, mas temos conseguido resultados bem rápidos.

CIA DAS ENTREVISTAS: Interessante o projeto Escola da Comunidade na promoção da cidadania e na ampliação da participação popular. O senhor pode explicar um pouquinho a concepção do projeto? 
LUSTOSA: A Escola da Comunidade aproxima o cidadão comum, o prefeito comunitário, o síndico e diversos outros da estrutura do Governo, oferecendo cursos para direcionar, capacitar e profissionalizar. Com ela, ensinamos como planejar, agir e executar tudo com direcionamento técnico. São curso de formação de síndico profissional, direito condominial, agente de portaria e primeiros socorros. As inscrições podem ser feitas na Assessoria de Comunicação da Administração ou no site www.taguatinga.gov.br.

CIA DAS ENTREVISTAS: A população tem reclamado muito dos buracos nas ruas de Taguatinga. O que está sendo feito para resolver esse problema?
LUSTOSA: Taguatinga tem 58 anos, caminhando para os 59 e já precisa de investimentos estruturais. Um asfalto de 40 anos não tem condição de sofrer mais reparos! Estamos trabalhando em parceria com a NOVACAP e com a Secretaria de Obras para fazer uma grande recuperação de asfalto de toda a cidade. Infelizmente, a nós, administração, só cabe articular. A execução de obras neste porte é da NOVACAP. No entanto, a Administração busca soluções paliativas para problemas imediatos, como buracos que surgem na via. Temos uma equipe de rua para pequenos reparos, mas infelizmente, não conseguimos fazer tudo. A Administração é tolhida do ponto de vista político a realizar obras dessa magnitude. O máximo de valor que conseguimos executar é de R$ 1,5 milhão por obra.

CIA DAS ENTREVISTAS: Quais os planos, os projetos da Administração de Taguatinga para 2017?
LUSTOSA: Com apoio da comunidade, construímos um plano de ação para 2017 priorizando a efetividade na segurança – com iluminação pública e mobilidade –, a construção de ciclovias e melhoramento de calçadas. Além é claro, da questão da troca do asfalto de toda a cidade. Esta é a meta para esse ano.

CIA DAS ENTREVISTAS: O senhor gostaria de deixar uma mensagem para os moradores de Taguatinga e leitores do portal?
LUSTOSA: No dia que eu assumi, uma pessoa me perguntou: quem é você? Eu respondi da seguinte forma: eu sou o ambulante, eu sou a dona de casa, sou o vendedor da loja, eu sou o motorista de ônibus, sou o jardineiro. Eu sou taguatinguense e acredito que mudanças significativas virão. Este é o melhor momento para isto. É tempo de transformação, e toda mudança é positiva. Quando eu mudo, tudo muda. Eu me sinto muito entusiasmado com essa cidade, sou apaixonado por ela e minha mensagem para cada taguatinguense é: Vamos amar Taguatinga. Vamos acreditar em Taguatinga. Vamos juntos construir uma Taguatinga melhor a cada dia.

Por Jornalista André Falcão.

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos