Caiado sobre violência do Entorno: “pedido de auxílio à Força Nacional deveria ter sido feito antes”

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) criticou a demora do governador Marconi Perillo (PSDB) em tomar medidas para conter a violência no Entorno do Distrito Federal

Conforme publicou o jornalista Jarbas Rodrigues em seu Facebook, o tucano pediu nesta sexta-feira ao ministro da Justiça e Segurança Pública Alexandre Moraes a presença da Força Nacional em Luziânia, que viu os índices de violência triplicar em relação ao ano passado.

Em 25 de fevereiro do ano passado, o democrata usou a tribuna do Senado para pedir ao governo que solicitasse que a Força Nacional e o Exército viessem em socorro dos goianos. Mas, além de não aumentar o efetivo de policiais e nem traçar uma estratégia de combate ao crime, Marconi Perillo preferiu se ater à picuinha política e ignorar o alerta.

“Há exatamente um ano usei a tribuna do Senado para denunciar a incompetência de Marconi Perillo para combater a violência em Goiás. Defendi que o governo estadual solicitasse ao Ministério da Justiça o auxílio da Força Nacional e do Exército para conter a situação que se agravava. No Entorno do DF, onde a situação sempre foi mais crítica, Marconi nada fez nesse período. Resultado: em Luziânia o número de assassinatos triplicou. Só agora o governador se atenta para a própria incompetência e faz o mesmo pedido que fiz há um ano. Sobra descaso com a vida humana”, disse Ronaldo Caiado nas redes.


Em 25 de fevereiro do ano passado, o democrata usou a tribuna do Senado para pedir ao governo que solicitasse que a Força Nacional e o Exército viessem em socorro dos goianos. Mas, além de não aumentar o efetivo de policiais e nem traçar uma estratégia de combate ao crime, Marconi Perillo preferiu se ater à picuinha política e ignorar o alerta.

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos