segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

8 Dicas de como pompoar para aumentar o prazer e aprimorar o sexo

Você já deve ter ouvido falar na técnica chamada pompoarismo, mas você realmente sabe o que é pompoar? Trata-se de uma técnica desenvolvida para a mulher adquirir a prática de contrair sua musculatura vaginal em diversos movimentos

Resultado de imagem para mulher
Para que serve? Bom, os benefícios são exclusivamente sexuais, pois o domínio do pompoarismo contribui para aumentar o prazer da mulher e também do parceiro durante o sexo. Isso porque dominando a técnica a mulher pode controlar seu próprio corpo e agilizar ou não o orgasmo dela e do seu parceiro, aplicando mais pressão e outros movimentos.

Engana-se quem acredita que basta concentração para saber como pompoar, pois exige prática e inclusive existem livros e aulas voltados para esse segmento sexual. A mulher precisa se autoconhecer, perceber as sensações das contrações e relaxamentos do seu próprio corpo através do toque, pesos e cones vaginais. Há algum tempo essa técnica virou febre entre algumas mulheres que começaram a praticar com o objetivo de aprimorar seu relacionamento sexual, tornando-o mais prazeroso e intenso. Você certamente está curiosa para aprender como pompoar agora, certo?

Vamos dar uma olhada nas dicas a seguir:

1. Fortalecimento vaginal
O pompoarismo nada mais é do que uma forma de fortalecer os músculos da vagina. Porém, antes de contrair e fortalecer, é necessário que se domine a técnica do relaxamento. Através de massagens, exercícios de controle da respiração e do alongamento de algumas áreas como glúteo, coxas, abdômen e costas é possível se libertar. Ao estar relaxada, libera-se as fáscias que são peles responsáveis por revestir os músculos vaginais. Este é o primeiro passo para dominar a técnica, pois quando essa pele está tensa impossibilita os movimentos dessa região.

2. Importância de um especialista
É indicado procurar uma especialista em pompoarismo, ao mesmo tempo marcar uma consulta com o ginecologista para evitar desconfortos e dores na hora do sexo. Além disso, algumas mulheres com outros problemas como retenção de urina, infecção urinária e candidíase podem ver os problemas aumentarem se não souberem como pompoar da maneira correta. Quando realizado da maneira certa, o pompoarismo pode ser benéfico até mesmo para resolver esses problemas, exceto a infecção urinária que pode causar danos aos rins.

3. Primeiro exercício: contração e relaxamento
Um primeiro exercício básico para ser realizado trata-se de contrair o máximo que conseguir os músculos vaginais e depois relaxar, como se estivesse inspirando e expirando. Faça isso lentamente para ir soltando a musculatura aos poucos. Repita algumas vezes até sentir que surtiu algum efeito. Apenas com essa prática diária de contração e relaxamento, com dedicação, pode-se aprender como pompoar e chegar ao domínio da técnica sem o uso de aparelhos.

4. Cones e pesos
Porém, algumas mulheres preferem acelerar esse processo e adquirem certos instrumentos para se exercitarem. Se este for seu caso, adquira alguns cones vaginais, também chamados de pesos, para exercitar a musculatura. Através desses aparatos é possível manter a contração por mais tempo. O exercício pode ser, inclusive, praticado durante o ato sexual com o parceiro. O legal é que comecem a praticar juntos, assim será uma descoberta de novas sensações para os dois.

Ao contrair a vagina durante a penetração, o pênis do parceiro ficará mais apertado, propiciando uma deliciosa sensação para o homem (semelhante a quando ele introduz o pênis no ânus) e, consequentemente para a mulher, pois aumenta a sensibilidade do contato. A técnica é perfeita para aumentar a libido feminina e chegar ao orgasmo, uma vez que para algumas mulheres é muito difícil isso ocorrer de forma natural. Ao aprender como pompoar é quase certo que o desejo e apetite sexual da mulher irá aumentar, tornando sua vida sexual mais ativa.

5. Escolha do cone
A escolha do cone para a mulher é semelhante à escolha da camisinha para o homem, pois deve-se levar em consideração algumas características. Os pesos dos cones variam de 20 a 70g, que são simbolizadas por cores diferentes. A de cor rosa corresponde a 20 g, amarelo a 32 g, branco 45 g e verde 57 g. Porém, as cores não são regras, portanto é importante confirmar no rótulo da embalagem.
Todas vêm com um conjunto de quatro peças. No início, como você não conhece profundamente seu próprio corpo, o ideal é comprar cada kit com um peso e testar para ver qual melhor se adapta ao seu corpo. Basta introduzir o cone até o fundo da vagina realizando uma contração para segurá-lo. Quando realizar isso sem muita dificuldade, mas também sem ser fácil demais, quer dizer que você encontrou o cone adequado para o seu corpo.

6. Evolução
Com a prática, sua musculatura ficará mais fortalecida e o peso será segurado mais facilmente pela contração, e quando isso ocorrer é hora de trocar o peso para um maior. É como se fosse qualquer treino de musculatura em uma academia. Quando você se adapta, após algumas semanas, você não aumenta o peso do levantamento de braço ou perna? Pois então, o mesmo para a musculatura vaginal. A única diferença é que se a mulher empenhada praticar todos os dias sua musculatura íntima já estará apta para trocar de peso em uma semana, diferente da musculação de outras partes do corpo, que podem levar até um mês para se adaptar.

7. Colar tailandês
Trata-se de uma linha de silicone ligada a duas ou até mais bolinhas também de silicone. Higiênicos, eles permitem a introdução de maneira confortável na vagina. Têm o objetivo também de treinar a contração e relaxamento de forma mais eficaz. Além disso, o colar tailandês auxilia no ganho de coordenação motora da musculatura. Com a ajuda das mãos, você pode inserir as bolinhas contraindo e relaxando até sugá-las. Em certo momento, você não precisará da ajuda das mãos e poderá fazer essa introdução apenas com os movimentos vaginais.

8. Recomendações gerais
As garotas virgens, que ainda não tiveram relação sexual, podem aprender como pompoar apenas contraindo e relaxando sem a inserção dos cones e pesos, uma vez que a introdução pode romper o hímen. A prática antes do primeiro ato pode ser muito benéfica e saudável para melhorar o desempenho logo na primeira vez e trazer mais tranquilidade. Os produtos adquiridos devem ser constantemente higienizados com sabão antes e após o uso, mas lembre-se de lavar com água em abundância para não ficar nenhum vestígio que gere alguma alergia ou coceira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASÍLIA OFFICE