quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

José Eliton quis transformar Segurança em trampolim para 2018

Ao aceitar assumir a secretaria de Segurança Pública em fevereiro deste ano, o vice-governador José Eliton (PSDB) achou que transformaria a pasta em trampolim para 2018

O discurso de posse foi um emaranhado de promessas: resgatar a auto estima (mas não pagou a data-base), diminuir a criminalidade, (mas não chamou os aprovados nos concursos). 

Sem firmeza pra cobrar do governador Marconi Perillo (PSDB) recursos para a área e sem conhecimento de segurança, aliada a falta de talento, que pudesse levar a maximizar os reduzidos recursos humanos e técnicos da corporação, Eliton fracassou feio. 

Para salvar a própria pele, o secretário descambou para pirotecnia. Tirou fotos debaixo de chuva, brigou com a Polícia Federal, fez magablitz pela cidade e até inventou uma espécie de governo itinerante na região Noroeste; fiasco! Restou a Eliton abandonar o navio. Sai como o pior secretário de segurança da história de Goiás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASÍLIA OFFICE