Diário Oficial do DF publica autorização para aumento na conta de água

Os reservatórios de Santa Maria e do Descoberto abastecem mais de 80% das casas no DF. Nesta segunda-feira (10), os níveis dos mesmos ficaram com 45.93% e 30.74%, respectivamente, quando o ideal das duas bacias é estar acima dos 60%


A proposta da Tarifa de Contingência foi publicada hoje no Diário Oficial do DF, assim, a partir de agora, no momento que um dos reservatórios chegar a 25%, as contas de água terão um aumento final de 20% em residências e 10% em indústrias, comércios e residências populares.

A taxa é um acréscimo nas contas de quem utilizar mais de 10 m3 – consumo mínimo. Hospitais, hemocentros, centros de diálise, pronto-socorro, casas de saúde e estabelecimentos de internação coletiva estão fora da cobrança por prestarem serviços essenciais.


De acordo com a publicação no DODF, a Caesb deve apresentar à Adasa, em até 30 dias, a criação de uma conta específica para registro das receitas provenientes da tarifa de contingência e demais despesas relacionadas às das operações sobre a escassez hídrica. Para gastar os recursos, que devem entrar a partir do início da cobrança da taxa, a agência de água precisa autorizar.

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos