Marconi usa programa Renda Cidadã para comprar votos

O governador Marconi Perillo (PSDB) decidiu voltar com o Programa Renda Cidadã, que distribui renda para famílias carentes, em pleno processo eleitoral

Foto: Zé Cesar.
O governador decidiu montar uma agenda fará pessoalmente a entrega dos cartões nas principais cidades do Estado. Em outra frente, o vice-governador José Eliton (PSDB) cumprirá a mesma agenda em outras cidades. O Palácio das Esmeraldas nem nega que voltou com o programa com o intuito de eleger o maior número de prefeitos da base governista numa tentativa de institucionalizar a compra de votos.

A intensa agenda de Marconi Perillo e José Eliton está programada para o próximo final de semana. A informação é da coluna Giro, de O Popular, assinada pelo jornalista Jarbas Rodrigues neste domingo, 21. O próprio jornalista explica que a caravana liderada pelo governador tem cunho eleitoral.

Assim que foi reeleito, em 2014, o governador Marconi Perillo suspendeu a distribuição do programa Renda Cidadã, voltado para as famílias de baixa renda, sob alegação de crise econômica. Para maquiar o cancelamento do programa, o Estado passou a conduzir um interminável recadastramento das famílias inscritas no programa.

Com governo mal avaliado e praticamente sem fazer nada pelas prefeituras, Marconi decidiu agora voltar com o programa social, mesmo em período eleitoral. E não o faz nem de forma discreta. Programou caravanas com palanques no interior para ‘entregar’ os novos cartões e fazer, assim, campanha para seus candidatos em todo o Estado. Em ritmo de campanha, o próprio governador pretende visitar 23 cidades no próximo final de semana na grande Goiânia, no Entorno e no Sudoeste.


O governo pretende distribuir mais de R$ 34 milhões até o final do ano, com benefício mensal de R$ 80 a R$ 160 reais. No total, 64 mil cartões serão distribuídos em todos os 246 municípios do Estado. A volta do Renda Cidadão em pleno período eleitoral com ação de campanha de Marconi é uma escandalosa tentativa de compra de compra de votos institucionalizada.

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos