sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Marcelo Melo vai se filiar ao PSDB e vai disputar a Prefeitura de Luziânia em 2016

O grande operador da adesão é o deputado federal Célio Silveira. O acordão se deu em reunião com o governador Marconi Perillo

Marcelo Melo, Marconi Perillo e Ricardo Yano: o líder do Entorno é a conquista política do ano

O ex-deputado federal Marcelo Melo, principal líder do PMDB no Entorno do Distrito Federal — chegou a ser vice na chapa de Iris Rezende, em 2010 —, acertou sua filiação ao PSDB, após se encontrar com o governador de Goiás, Marconi Perillo, e o deputado federal Célio Silveira, ambos tucanos, na segunda-feira, 17, em Goiânia. Marcelo Melo vai disputar a Prefeitura de Luziânia, em 2016. As pesquisas apontam como favorito absoluto. O prefeito Cristóvão Tormin tem rejeição de 70%.

A ida de Marcelo Melo para o PSDB é o maior acontecimento político do ano para o Entorno de Brasília. Tanto que chegou ao ouvido do vice-presidente da República, Michel Temer, que é amigo do líder político na região e não se posicionou contra a filiação. Michel Temer sabe que ficar ao lado de Iris Rezende é uma missão quase impossível para vários políticos do PMDB — ao menos para os que não aceitam dobrar a “espinha”.

A migração de Marcelo Melo praticamente é a sentença de morte do PMDB do Entorno. A região conta com quase 1 milhão de eleitores, configurando-se como uma das mais importantes do Estado e sempre foi decisiva para as vitórias do governador Marconi Perillo.

A filiação de Marcelo Melo vai ocorrer no início de setembro, talvez um pouco antes da filiação do vice-governador José Eliton.


Fonte: Redação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASÍLIA OFFICE