DENÚNCIA: Lucimar acobertou conselheiro tutelar que foi omisso na morte de uma criança de 4 anos?


Prefeita Lucimar e o então ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Reprodução

Ontem (31), no programa A Dama e o Repórter, na Rádio Federal, o vereador do município de Valparaíso de Goiás, Dr. Marcus Vinicius Mendes Ferreira (PTdoB) fez uma denúncia gravíssima sobre a morte de uma criança de 4 anos, do sexo masculino, cruelmente assassinada por seu pai e sua madrasta. A investigação do óbito tramita em segredo de justiça, motivo pelo qual será ocultado o nome da criança e de outros envolvidos. De acordo com o vereador, a prefeita de Valparaíso, Lucimar Nascimento, acobertou o conselheiro tutelar do caso, por ser filiado ao PT, seu partido (ouça o programa).

O programa A Dama e o Repórter cedeu o espaço para que a prefeita possa se explicar, mas acho muito difícil obtermos uma resposta por parte dela. Lucimar parece seguir a péssima cartilha do ex-governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), na área de comunicação, se trancando em seu gabinete e não concedendo entrevistas ou algo do tipo.

Estou tentando entrevistar a prefeita há dois meses, mas a assessoria da prefeitura sempre alega que sua agenda está lotada. Ora, por que consigo falar com senador da República, deputado, secretário do GDF e com a prefeita de Valparaíso, não? Será que sua agenda anda tão cheia ou a gestora municipal não gosta muito de conceder entrevistas para a imprensa? Eis um grave erro de comunicação, o mesmo que Agnelo cometeu no GDF e saiu pelas portas do fundo.

Um grande veículo de televisão, conhecido por ter certa tendência em defender o PT, fez a cobertura da morte da criança, no dia de seu enterro, mas não soltou sequer uma nota sobre o ocorrido. Por quê? Houve algum benefício para desistirem da matéria? Estranho, não acham?

Aguardo uma resposta da prefeita Lucimar. Não quero saber de resposta superficial, mas de um esclarecimento consistente sobre a denúncia de que supostamente favoreceu o conselheiro tutelar por ser filiado ao PT.

O blog não afirma que a prefeita cometeu um crime ou algo do tipo, até porque não é da alçada deste blogueiro averiguar a prática criminosa de ninguém. Tal atribuição é da polícia e do Ministério Público.

Ainda não existem provas de que houve acobertamento por parte da prefeitura. A investigação da morte do menino transcorre em sigilo judicial. Todavia, uma dúvida paira no ar e precisa ser esclarecida pela outra parte, no caso, a prefeita.

O bom jornalismo ouve as duas partes, tanto o denunciante quanto o denunciado, algo que este blog preza e tem como um de seus pilares.

A população geralmente interpreta o silêncio de um governante em algo grave como uma omissão ou até atestado de culpa.

Com a palavra, a prefeita Lucimar!

Fonte: Blog do Fred Lima

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos