Obras de mobilidade no entorno

Na reunião, o governador apresentou dois projetos básicos que irão beneficiar todos os municípios da região do entorno sul do Distrito Federal, além de várias cidades do DF. Os projetos, que estão vinculados ao PAC da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades

O governador Marconi Perillo voltou à coordenação do PAC da Mobilidade Urbana, na sede do Ministério do Planejamento, para apresentar novos projetos visando beneficiar a região metropolitana do Distrito Federal, em obras de melhoria na infraestrutura de transporte.

Na última sexta-feira, Marconi já havia se reunido com o coordenador geral do PAC, Maurício Muniz, ocasião em que apresentou três projetos – extensão do BRT de Santa Maria (DF) a Luziânia e criação de um BRT entre Ceilândia (DF) e Águas Lindas de Goiás .

Na reunião, o governador apresentou dois projetos básicos que irão beneficiar todos os municípios da região do entorno sul do Distrito Federal – Luziânia, Novo Gama, Cidade Ocidental e Cristalina, em Goiás, além de várias cidades do DF. Os projetos, que estão vinculados ao PAC da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades, têm um valor estimado de R$ 800 milhões.

O BRT que ligaria Ceilândia a Águas Lindas de Goiás está orçado em R$ 550 milhões. 
 “Trata-se de um BRT que com certeza melhoraria muito a qualidade de vida de quem usa o transporte público nessas regiões. Esse projeto atenderia a, pelo menos, 800 mil pessoas”, observou.

Somando todos os projetos, o governo de Goiás estima um custo de R$ 1,85 bilhão para a execução de todas as obras neles contidas. “Agora vamos trabalhar junto ao Ministério das Cidades e a Coordenação do PAC, para que os projetos sejam aprovados, os recursos liberados e as obras executadas”, destacou Marconi.

Na reunião, com a coordenação do PAC, o governador Marconi Perillo esteve mais uma vez acompanhado pelo senador Gim Argello (PTB-DF), do secretário das Cidades, João Balestra, do presidente do VLT de Goiânia, Carlos Maranhão, e do secretário dos Transportes do DF, José Walter Vasques.

A expectativa do governador é que todos os projetos apresentados por Goiás sejam integralmente apoiados pelo governo federal e os recursos liberados. “As principais obras que beneficiam o entorno do Distrito Federal serão executadas em rodovias federais. Portanto, é do interesse do governo federal que a mobilidade urbana desta região seja melhorada”, analisou.

Marconi destacou também a parceria com o governo do Distrito Federal. Elogiou a disposição da administração do DF em equacionar os graves problemas de transporte urbano que afetam os moradores da Capital Federal e dos municípios do entorno. 


“É necessário destacar o empenho do governo do DF para viabilizar essas importantes obras. Quando procuramos resolver um problema da região, estamos todos empenhados na solução de gargalos que afetam também os moradores do DF. O benefício, portanto, será para toda a região metropolitana do Distrito Federal”, finalizou.

Comentários

Política

Mais vistas

Sondagens mostram o candidato de Marconi Perillo para 2018 como um fiasco

Goiás

Concursos